VOZ DOS JOVENS DO BAIRRO SÃO SALVADOR SE JUNTA AO CORO DOS INSATISFEITOS

Andam dizendo por aí, que os jovens estão indo as ruas sem saberem exatamente o por quê. Somos obrigados a discordar!! É mentira! Uma Criança sabe que falta médicos nos centros de saúde, que seus professores recebem mal, que o transporte coletivo é um lixo, que a maioria dos políticos fazem negócios com o dinheiro público e que a atenção dos governos esta voltada para a Copa do Mundo – No caso de BH para a Obra do Mineirão e para o BRT. Só isto já e motivo suficiente para ir as ruas toda semana.

No Caso do Bairro São Salvador, Regional Noroeste de BHte, além dos motivos acima, estamos muito seguros que os investimentos em infra-estrutura e as atenções se voltam para a Copa. As conquistas das comunidades em diversas assembleias do Orçamento Participativo, ficaram para o segundo ou terceiro plano. Fomos desrespeitados e desprestigiadas. São quase 20 Milhões de reais aprovados desde de 2006, para de remoção de famílias da área de Risco da Vila Barroquinha, Urbanização de Rua São Cosme no Novo Glória, Construção de Área de esporte e Lazer São Salvador, da UPA Glória, do Centro de Saúde Coqueiros, além da Trincheira da Praça São Vicente.

Também fomos traídos com o cancelamento do BRT Pedro II/Catalão, que seria um possível legado para os moradores da Noroeste. Nós que temos o pior corredor de acesso ao Centro de Belo Horizonte. A Abertura da Av. Pedro II com a Tancredo Neves já mostrou seus limites de saturação.

Enquanto a maioria dos adultos apodrece e se acostumam com o mundo de injustiças, os jovens vão as ruas viver, se indignar e se aventurar em um mundo onde praticamente tudo é novo, radicalmente novo. Quando os jovens-adolescentes do Bairro São Salvador e Região vão para as ruas, vão com a vontade de somar suas vozes a do coro de insatisfeitos que pipocam por toda a cidade.

O Legado da Copa do Mundo não será de infra-estrutura, nem a geração de Emprego e renda, ou aumento do fluxo turístico pós copa. O principal legado será ter formado uma geração de jovens-adolescentes com a cultura de indignar-se. De não engolir a seco o que tentam nos impor. O legado é a (re)criação, (re)vitalização, (re)invenção de uma cultura de mobilização. Ninguém vai a uma manifestação com 300.000 pessoas e volta para a casa do mesmo jeito.

Juventude Bairro São Salvador 2013 Manifestação Praça 7 Manifestação Praça 7 Noroeste na manifestação praça 7 Manifestação Praça 7 Manifestação Noroeste Área de Esporte e Lazer São Savador Manisfestação Pelas Obras do OP Noroeste BH Manisfestação Pelas Obras do OP Noroeste BH 2013-06-22 09.46.25 cropped-capa.jpg

Manisfestação BH Foto_Anto_Carlos