PBH DESPREZA JOVENS DOS BAIRROS SÃO SALVADOR, GLÓRIA E COQUEIROS HÁ 7 ANOS

Area de Esporte e Lazer Bairro São Salvador

Carta aos participantes da Conferencia da Juventude – Reg. Noroeste

A juventude dos bairros São Salvador, Coqueiros e Glória, veem aos participantes da Conferência da Juventude, denunciar o desprezo e o desrespeito da PBH com os jovens desta regional. Há 7 anos atrás diversos coletivos juvenis (Músicos, skatistas, capoeiristas, produtores culturais, bikes entre outros), se organizaram e fizeram uma das maiores mobilizações do Orçamento Participativo, afim de fazer a reparação histórica da ausência de equipamentos de esporte, lazer e cultura na região.
Aprovamos no O.P. do ano de 2006, mais de R$ 2 Milhões, para construção de uma Área de Esporte e Lazer, com 4500m2 equipada com ginásio poliesportivo coberto, pista de skate, playground para crianças e área para shows. Sete anos depois a obra não foi concluída. O direito ao lazer e a cultura para a infância e a juventude é constitucional. A PBH além de desrespeitar a Constituição Federal, desrespeita a soberania popular que aprovou a obra em um fórum de deliberação participativa de recursos para Obras previstas na Lei Orgânica do Município.
Os jovens dos bairros São Salvador, Glória e Coqueiros, também são prejudicados por não estarem inseridos nos territórios dos Centros de Referências de Assistência Social – CRAS, o que inviabiliza o acesso a diversas políticas para a juventude como por exemplo o Provem-Adolescente.
Contamos com os participantes da Conferência e com os técnicos da PBH envolvidos com a organização do evento, para apoiar esta causa somando forças à exigir a Ordem de Serviços e imediata retomada das Obras da Área de Esporte e Lazer do Bairro São Salvador.
 
Juventude e moradores do Bairro São Salvador, Coqueiros e Glória

Comissão Local do O.P. Bairro São Salvador (https://bairrosaosalvador.wordpress.com/)

Meio Passe Estudantil – “Meia Boca” é sancionado por Lacerda

O Prefeito Márcio Lacerda, sancionou a lei que garante Meio-Passe no aos estudantes do Ensino Médio que moram mais de 1 km da Escola. http://migre.me/3VtNa

Por a lei é “meia boca”? Primeiro porque ela só atende parte dos estudantes. Só os do Ensino médio. Não leva em consideração os milhares de jovens que vão todos os dias ao hipercentro de Belo Horizonte em busca de formação que lhes dê condições para  ingressarem em um emprego decente  – via concurso, e dos estudantes que frequentam os pré-vestibulares, fora os universitários.

A discussão para aprovação desta lei ficou muito restrita ao movimento estudantil, alias parte do movimento. Não levaram em consideração a juventude. Não levaram em consideração que se esta lei fosse ampliada poderiamos ter menos carros nas ruas. Hoje é mais barato colocar o carro na rua e ir para Universidade do que ir de ônibus. O custo disto para a qualidade de vida da metropole nem si quer foi discutido.

Tem que ir para Rua mesmo Galera!!!

Agora SIM! O terreno é da Comunidade

DECRETO Nº 14.119, DE 10 DE SETEMBRO DE 2010

O Prefeito de Belo Horizonte, no exercício de suas atribuições legais, em especial a que lhe confere o inciso VII do art. 108 da Lei Orgânica do Municipio, e de acordo com o que lhe faculta o Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941.

DECRETA:

Art. 1º – Ficam declarados de utilidade pública, para fins de desapropriação de seu pleno domínio, a se efetivar mediante acordo ou judicialmente, os seguintes imóveis, situados na quadra 36 do Bairro São Salvador, nesta Capital, assim como suas edificações e demais benfeitorias, se houver:


I – parte do lote 01, medindo 275,14 m², de propriedade presumível de Mate Couro S/A., com os seguintes limites e confrontações: “De acordo com Desenho Executado pela SUDECAP LTO 211 VR 166 01/01. Partindo-se do vértice P14 com coordenadas E=603.094,163 e N=7.799.638,231, seguindo com azimute 61°10’32” e distância 13,73 m, Faceando com a Rua Amintas Jaques de Morais, chega-se ao vértice P13 com coordenadas E=603.106,197 e N=7.799.644,853. Deste, com azimute de 58°31’22” e distância 3,07 m, Faceando com a Rua Amintas Jaques de Morais, chega-se ao vértice P12 com coordenadas E=603.108,815 e N=7.799.646,456. Deste com azimute de 83°31’22” e distância 1,94 m, Faceando com a Rua Amintas Jaques de Morais, chega-se ao vértice P11 com coordenadas E=603.110,747 e N=7.799.646,676. Deste, com azimute de 100°09’53” e distância 1,57 m, Faceando com a Rua Amintas Jaques de Morais, chega-se ao vértice P10 com coordenadas E=603.112,298 e N=7.799.646,398. Deste com azimute de 117°01’22” e distância 1,32 m, Faceando com a Rua Amintas Jaques de Morais, chega-se ao vértice P9 com coordenadas E=603.113,478 e N=7.799.645,796. Deste, com azimute de 145°26’32” e distância 3,42 m, Faceando com a Rua Assíria, chega-se ao vértice P8 com coordenadas E=603.115,416 e N=7.799.642,982. Deste, com azimute de 177°52’01” e distância 17,06 m, Faceando com a Rua Assíria, chega-se ao vértice P1 com coordenadas E=603.116,051 e N=7.799.625,931. Deste, com azimute de 271°07’57” e distância 5,05 m, Confrontando com o lote 2 da Quadra 36, chega-se ao vértice P7 com coordenadas E=603.111,000 e N=7.799.626,031. Deste, com azimute de 0°28’55” e distância 8,52 m, confrontando com o lote 1 da Quadra 36, chega-se ao vértice P15 com coordenadas E=603.111,071 e N=7.799.634,551. Deste segue em curva com Raio=18,63 m, Ângulo Central de 41°25’06”, Desenvolvimento=13,47 m e Centro de Curva de Coordenadas E=603.116,266 e N=7.799.616,657, Confrontando com o lote 1 da Quadra 36, chega-se ao vértice P16 com coordenadas E=603.100,532 e N=7.799.626,639. Deste, com azimute de 331°12’50” e distância 13,23 m, confrontando com o lote 27 da Quadra 36, chega-se ao vértice P14, ponto origem deste memorial. Perfazendo uma área total de 275,14 m²”;

II – parte do lote 2, medindo 350,06 m², de propriedade presumível de Mate Couro S/A., com os seguintes limites e confrontações “De acordo com Desenho Executado pela SUDECAP LTO 211 VR 166 01/01. Partindo-se do vértice P1 com coordenadas E=603.116,051 e N=7.799.625,931, seguindo com azimute 181°08’06” e distância 17,95 m, faceando com a Rua Assíria, chega-se ao vértice P2 com coordenadas E=603.115,696 e N=7.799.607,982. Deste, com azimute de 271°40’59” e distância 24,99 m, confrontando com o lote 3 da Quadra 36, chega-se ao vértice P3 com coordenadas E=603.090,717 e N=7.799.608,716. Deste com azimute de 29°50’36” e distância 20,20 m, confrontando com o lote 27 da Quadra 36, chega-se ao vértice P4 com coordenadas E=603.100,766 e N=7.799.626,233. Deste, com azimute de 149°20’11” e distância 1,28 m, confrontando com o remanescente do lote 2 da quadra 36, chega-se ao vértice P5 com coordenadas E=603.101,417 e N=7.799.625,136. Deste com azimute de 89°44’47” e distância 9,58 m, confrontando com o remanescente do lote 2 da quadra 36, chega-se ao vértice P6 com coordenadas E=603.110,993 e N=7.799.625,178. Deste, com azimute de 0°28’55” e distância 0,85 m, confrontando com o remanescente do lote 2 da quadra 36, chega-se ao vértice P7 com coordenadas E=603.111,000 e N=7.799.626,031. Deste, com azimute de 91°07’53” e distância 5,05 m, confrontando com o lote 5 da quadra 36, chega-se ao vértice P1, ponto origem deste memorial. Perfazendo uma área total de 350,06 m²”;

III – lotes 03, 04, 05, 06, 07, 08, 23, 24, 25, 26 e 27, de propriedade presumível de Mate Couro S/A.

Art. 2º – As desapropriações de que trata o art. 1º deste Decreto destinam-se a permitir ao Executivo a implantação da Área de Esporte e Lazer do Bairro São Salvador, no âmbito do Empreendimento nº 52 do Orçamento Participativo 2007/2008 – Projeto Sustentador “Promoção do Esporte”.

Art. 3º – Fica a unidade jurídico-administrativa pertinente autorizada a alegar em juízo a urgência da desapropriação.

Art. 4º – Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Belo Horizonte, 10 de setembro de 2010

Marcio Araujo de Lacerda

Prefeito de Belo Horizonte

________________________________________________

Depois de muita embate com técnicos da PBH, na Regional, na Sudecap, no Gabinete do Prefeito, nas Reuniões da Comforça Regional, nas Reunião da Comforça Muncipal, na Câmara Municipal (Sem apoio dos Vereadores que tem voto na região).

Depois de gritar na WEB, no twitter, no orkut, no facebbok, nos mail list, no You Tube, na rede Globo, na Super, na Record e na Band.

Depois de fazer abaixo assinato e percorrer diversas conferências com moçoes de repúdo denunciado a situação, aí esta o produto do árduo trabalho:

O Decreto de Utilidade pública do terreno indicado pela comunidade do Bairro São Salvador para construção da Area de Esporte e Lazer.

Grafiteiro do Bairro no FIT-BH

O jovem artista plastico e grafiteiro Benet de Castro –  BNT, morador do Bairro São Salvador, irá  fazer uma intervenção na Mostra de Movimentos Urbanos do Festival Internacional de Teatro de Belo Horizonte – FIT – BH.

Artista plástico, grafiteiro e tatuador, BNT vem se dedicando a intervenções artísticas capazes de humanizar e suavizar a paisagem urbana da metrópole Belo-Horizontina, em especial apoiando projetos comunitários e de ONGs da Regional Noroeste  – Em especial os projetos em parceria com a Juventude Kolping. 

Com fortes ligações com a cultura de rua e com a periferia, ele também é colaborador dos movimentos sociais que reivindicam a descentralização e a democratização dos eventos e equipamentos culturais da cidade.

Quando? Sábado próximo dia 07 de Agosto

Onde? Espaço Cultural 104 – Praça da Estação

Quanto? R$ 15,00 (meia)

Para saber mais sobre o FIT-BH e sobre BNT acesse:

http://www.fitbh.com.br/2010/

http://www.myspace.com/3117livres

Banda do Bairro Grava DVD no Hard Rock Café BH

A Banda Factotum – Formada por jovens moradores do Bairro São Salvador e integrantes do movmento kolping gravou neste último sábado DVD ao Vivo no Hard Rock Café de Belo Horizonte.

 A moçada do Bairro em especial membros e simpatizantes da Juventude Kolping e do EJC – Vila Belem compareceram em Peso a Casa localizada na Divisa de Belo Horizonte com Nova Lima.

Segundo um dos produtores e raro ver a casa cheia como estava no sábado. Anderson Coelho, baixista da bando disse que a gravação do DVD levou pessoas que nunca tinham ido ao Hard Rock. Sábado Próximo será transmitido a entrevista que a banda concedeu a Rede Bandeirantes de Televisão, organizadora do Evento.

Prefeitura incentiva equipamento de lazer privado e abandona os públicos

Enquanto a Prefeitura estimula equipamentos culturais privados, para estimular o que ela esta chamando de turismo culural, alguns equipamentos públicos de lazer conquista pelas comunidades no Orçamento Participativo são deixados de lado pela administração municipal.  Este final de semana visitando aguns equipamentos especificos de lazer da Regional Noroeste e Pampulha para uma pesquisa que estou realizando sobre o uso dos equipamentos de lazer pelos jovens de 15 a 19,  fiquei chocado com as diferenças entre os equipamentos.

Centros Culturais

Enquanto crianças tentavam entrar no Centro Cultural Pampulha no Bairro Urca, no Centro Cultural Padre Eustáquio – Bairro Minas Brasil, acontecia uma roda de forro vazia. No caso especifico deste Centro Cultural virou rotina eventos vazios por incrivel que pareça os gestores do espaço não conseguem chegar no público dos eventos que aocntecem ali. O grupo é de ótima qualidade inclusive conheço os musicos de renome na cidade mas não tinha público. Tenho certeza que muita gente queria estar ali. Mas ninguem nunca fica sabendo de nada, ninguem que mora do anel rodoviário para baixo (região do Alipio de Melo e Glória) mas especificamente as unidades de planejamento 4 e 5 da Regional Noroeste – caso algum gestor esteja lendo este post.

Parque Ecológico

Agora de arrepiar mesmo é a diferença entre o Parque Ecologico da Pampulha para o Parque Maria do Socorro – Ao Lado do Aeroporto Carlos Prates.

Primeiro lotado!!! Muitas crianças soltando papagaio, familias fazendo piquenique, guarda municipal, vigilante, policia militar ambiental e os equipamentos novos e bem conservados, parecia com os parques de Buenos Aires, Santiago e São Paulo, fiquei dos gestores do Parque.

O outro tinha um vigilante (dizem que são dois mas só vi um), nada de guardas municipais. A Entrada pelo Anel estava fechada, para chegar a outra entrada tive que seguir pelo bairro Jardim Montanhes, não havia nenhuma sinalização, nem para chegar ao parque e nem na entrada  informando que ali tem um parque. Os equipamentos quebrados e fechados. Dois garotos brincavam naquela que é considerada pelos skatistas uma das melhores pista de skate do Estado de Minas Gerais. No campo de futebol tinha fila de times para jogar mas os vestiários estavam fechados. 

Não resistir e conversei com as pessoas que estavam usando o espaço e a revolta era geral com o descaso da Prefeitura reclaram das promessas para gramar o campo de futebol, reclaram que os vestiarios ficam fechados no horário que deveria estar aberto, reclaram das promessas da quadra coberta e do estacionamento da entrada pelo Anel, principal acesso de carros fechado.

De fato ele esta esquecido no site da PBH não existe nem a página do Parque Maria do Socorro e o que mais assusta é que ele foi inaugurado em 2004.

Ali era para estar lotado!!! Tempos de papagaio em uma das partes mais altas da cidade!! Além do atrativo de ver os aviões e helicopteros decolando de pertinho

Mais adiante no Parque Vencesli Firmino – Alipio de Melo, obra aprovada no O.P. vi uma inicitiva muito interessante de jovens skatistas empreendedores. No próximo post eu conto!!!!

Tirem suas conclusões e não tenham medo de deixa seu comentário

 Rafael Frois 27 é Turismólogo (PUC-MG), Educador Social e estar se especializando em Lazer pela UFMG

Convite Especial

Convidamos a V.S.ª para participar da solenidade de inauguração do “ESPAÇO CULTURAL MONSENHOR PAULO LINK” um espaço que dedicamos ao apoio aos eventos e atividades culturais e sociais e para ampliar a cidadania e a inclusão social a cultura e as artes de nossa região.
 
Local: Obra Kolping de Minas Gerais
Dia 07 de Julho de 2010 – Quarta Feira – 19:30 H.
Rua Barbosa 355 – Bairro Coqueiros -Belo Horizonte – MG
 
Programação:
Benção do Local -Coquetel e Apresentações Artísticas e Culturais
Banca Factotum – Banda EI – Estação Independente
Grupo Seresta CK Santo Antônio de Rio Acima
Exposições – Artesanatos.