VEREADORES APROVAM AUDIÊNCIA PÚBLICA DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

A comissão de Orçamento e finanças públicas aprovou nesta terça-feira(23-02) a realização de audiência pública para que o poder executivo explique para a população porque as obras do orçamento participativo estão tão atrasadas.

A realização da Audiência pública foi proposta pela vereadora Neusinha Santos após ter recebido a denuncia do atraso de diversas obras do OP Noroeste – Em especial do Centro de Esporte e Lazer do Bairro São Salvador. A reunião contou com a participação de membros da Comforça noroeste e de lideranças empresárias do Alípio de Melo. O presidente da comissão sugeriu que a audiência fosse realizada em parceria com a comissão de participação popular recém criada.

A audiência será realizada na terça-feira dia 23 de Março as 13:45h na Câmara na Câmara Municipal.

Paulo da Vila São José – Noroeste esta com muita expectativa para audiência pública. “O orçamento participativo tem que ser repensado se for o caso pará-lo até que todas as obras sejam executadas”.

Participaram da reunião os vereadores:

Adriano Ventura, Autair Gomes, Hugo Tome, Chambarelli e João da Locadora.

Rafael Frois da Câmara

VEREADORES APROVAM AUDIÊNCIA PÚBLICA DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

A comissão de Orçamento e finanças públicas aprovou nesta terça-feira(23-02) a realização de audiência pública para que o poder executivo explique para a população porque as obras do orçamento participativo estão tão atrasadas. A realização da Audiência pública foi proposta pela vereadora Neusinha Santos após ter recebido a denuncia do atraso de diversas obras do OP Noroeste – Em especial do Centro de Esporte e Lazer do Bairro São Salvador. A reunião contou com a participação de membros da Comforça noroeste e de lideranças empresárias do Alípio de Melo. O presidente da comissão sugeriu que a audiência fosse realizada em parceria com a comissão de participação popular recém criada.

A audiência será realizada na terça-feira dia 23 de Março as 13:45 na Câmara na Câmara Municipal.

Paulo da Vila São José – Noroeste esta com muita expectativa para audiência pública. “O orçamento participativo tem que ser repensado se for o caso pará-lo até que todas as obras sejam executadas”.

Participaram da reunião os vereadores:

Adriano Ventura, Autair Gomes, Hugo Tome, Chambarelli e João da Locadora.

Tags. Democracia participativa, Orçamento Participativo Belo Horizonte, OP, Bairro São Salvador, câmara Municipal de Belo Horizonte,

Rafael Frois

Anúncios