AUDIÊNCIA DISCUTIRÁ PRECARIEDADE DO CENTRO DE SAÚDE NO BAIRRO GLÓRIA – 19/03

Em sua primeira reunião ordinária de 2014, nesta terça-feira (4/2), a Comissão de Saúde e Saneamento aprovou realização de audiência para debater o serviço público de atendimento à saúde em Belo Horizonte, em especial, a estrutura precária na unidade do Bairro Glória (região Noroeste). O colegiado emitiu ainda pareceres favoráveis a cinco projetos de lei que tramitam na Casa em 1º turno. Entre os temas, campanhas de conscientização sobre os riscos da automedicação e combate às hepatites virais. Outros dois projetos receberam pareceres pela rejeição. A eleição do presidente e vice foi adiada para a próxima reunião, quando já deve estar definida a nova composição do colegiado.

À frente da reunião, o vereador Wellington Bessa “Sapão” (PSB) reconheceu a importância do debate sobre o serviço de saúde junto às comunidades, referindo-se à aprovação de audiência pública externa para tratar do tema. Solicitada pelo vereador Iran Barbosa (PMDB), a audiência irá discutir a precariedade estrutural do posto de saúde do Bairro Glória e será realizada no dia 19/3, às 19h30, na E.M. Luigi Toniolo (Rua Mafra, 277).

Sapão destacou que esse é o local e o momento certos para a população apresentar os problemas enfrentados. O parlamentar afirmou que a Prefeitura estará presente e adiantou ainda que o centro de saúde Glória deverá ser incluído no projeto de parcerias público-privadas pretendido pela Secretaria Municipal de Saúde.

Conscientização

Com relatoria do vereador Sérgio Fernando Pinho Tavares (PV), recebeu parecer pela aprovação o PL 785/13, de Valdivino (PPS), que obriga farmácias e drogarias a afixar cartazes com a seguinte orientação: “Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação. Informe-se com seu médico e o farmacêutico”.

Sérgio Fernando apoiou o projeto, explicando que “a automedicação é um risco. As pessoas buscam remédios sem a orientação adequada, e o projeto quer esclarecer os perigos para que o cidadão tenha ciência de que isso pode trazer prejuízos à sua saúde”.

O parlamentar destacou na pauta o PL 792/13, de Pablito (PV), do qual também assina a relatoria, emitindo parecer favorável à proposta. O texto institui a Política Municipal de Combate e Prevenção das Hepatites Virais, a ser desenvolvida em escolas municipais, hospitais, repartições públicas e empresas conveniadas. “O projeto prevê a realização de campanhas de conscientização dos riscos de contaminação da doença e formas de evitar o contato. É interessante que o PL trata não só do combate, mas da prevenção à doença”, completou o relator.

Fonte: Câmara BH

http://www.cmbh.mg.gov.br/noticias/2014-02/audiencia-discutira-precariedade-do-centro-de-saude-no-bairro-gloria

Reunião Sec. Municipal de Saúde Pauta: Centro de Saúde Glória

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por: Rafael Frois

Solicitei uma reunião com o Sec. Municipal de Saúde por intermédio do Gabinete do Dep Estadual Fred Costa, afim de discutir a situação do Centro de Saúde Glória.

O Centro de Saúde Glória vive o trama da falta de médicos e da superlotação. Além de ter absorvido os usuários que eram atendidos no centro de Saúde Serrano – Agora na Regional Pampulha. Mais sobre Situação do Centro de Saúde Glória

O Secretário se mostrou muito receptivo e foi encaminhando algumas questões durante a reunião. Pontos discutidos:

– Falta de Médicos

Esta pressionando a Secretaria de Planejamento para nomear mais médicos aprovados no concurso – Foi liberada a contratação de mais 45 para a cidade;

Esta liberado o médico feirista e o plantonista para o CS Glória. Pede que a comunidade também indique médicos para Centro de Saúde – que serão contratados no ato;

Também irá fazer uma ação de divulgação em massa nos Jornais;

Já esta planejado um novo concurso para contratação de médicos em 2013;

Área de Ambrangência

– Irá discutir a possibilidade de voltar com a equipe de 3 setores para o Serrano;

Reclassificar o Centro de Saúde Glória

– Está em andamento o estudo de alteação da Classificação do Centro de Saúde de B para C ou D;

Participaram da reunião:

– Marcelo Teixeira – Sec. Municipal de Saúde;

– Gabriel Coutinho – Ass. Dep Fred Costa;

–  Rafael Frois – Pres. Kolping Vila Belém;

– Jane Gerente Adj. CS Glória;

– Gerente Distrital Noroeste

 

Centro de Saúde Glória: 2(Dois) Médicos para atender 32.000 pessoas

Os moradores e os trabalhadores do Centro de Saúde Glória denunciam há anos a precariedade do atendimento da saúde. Não são somente as Obras do Orçamento Participativo que estão abandonadas por aqui a saúde também!! Na atualidade o Centro de Saúde Glória conta com 2(dois) médicos para atender uma população de 32.000 pessoas.

Segundo informações obtidas na última reunião da comissão local de saúde, uma série de fatores combinados vem agravando a situação.

1 – O Centro de Saúde Glória tem que atender 32.000 usuários, enquanto seus vizinhos Pindorama atendem 19.000 e o Filadelfia 10.000

2 – Existe uma tipologia que faz com que o posto seja classificado em A, B, C e D. Sendo A postos em areas em localizações nobres e D os localizados em áreas vulneráveis. Mas aqui leia se perigosa!! Existem outros fatores para esta classificação mais ainda que não tive acesso. O fato e que o Centro de Saúde Glória  é classificado como B. Mas no que isto interfere? No salário do médico!! Quando maior a classificação maior o salário. Ao que entendi quanto mais perigoso for o bairro maior é o salário do médico. Se algum técnico estiver lendo esta informação leiam pode me corrigir se eu estiver errado fazendo as considerações em comentários. Os salários dos médicos variam entre R$ 7.000 a R$ 9.000 para uma jornada de 40 h.a. Cheguei a esta conclusão pela página de classificados do Conselho Regional de Medicina.

O Pindorama que fica logo ali tem classificação D, por isto lá nunca falta médicos. E Como faltam médicos na cidade inteira os médicos escolhem quem paga mais e o Centro de Saúde Glória fica em ultimo plano; Porque além de pagar menos o médico tem que trabalhar muito mais!! 32.000 usuários!!

A falta de representatividade e de pressão junto a órgãos competentes também foi colocada em cheque durante a reunião, segundo informações do Conselheiro Municipal de saúde presente na reunião o mesmo não tem recebido denuncias sobre a situação do posto;

  Na reunião foi denunciado que existem vários médicos ocupando cargos na Prefeitura porém todos ocupando cargos administrativos.

  Os usuários presentes na reunião manifestaram dizendo que não querem mais esta rotatividade de médicos!! Não querem médicos contratados querem a nomeação dos médicos concursados!! Atualmente existem 397 aguardando nomeação!!

Memória:

O Bairro São Salvador, junto com o Coqueiros, aprovou um novo Centro de Saúde no último Orçamento Participativo O.P. O mesmo será construído na Rua Eneida. Até sua construção foi alugada uma casa para “desaforgar” o Centro de Saúde Glória mas a mesma não conta com médicos

 Na Página do Conselho Regional de Medicina há oferta de vagas para médicos para vários Centros de Saúde de Belo Horizonte, mas não há nenhum anuncio mencionando o Glória Por que? . Clique aqui e veja vc mesmo

Para além da questão do Centro de Saúde Glória, percebemos que de fato existe uma má vontade absurda com a nossa Região!!

Minha Opnião sobre o novo Centro Saúde

Enviada por Sawel Peres

Nesta edição do OP o bairro São Salvador juntamente com a comissão de organização do OP do bairro que mesmo desanimada com atraso da PBH com execução de obras ganhas em OP anteriores se mostra com vontade de solicitar uma outra obra via OP, e até vejo que delegados e parceiros tratam essa demanda não por uma questão de melhorar o bairro e sim de mostrar para PBH que mesmo com seu descaso para conosco nos mostramos fortes e vamos lutar por mais uma mega obra.

Nesta edição as coisas estão se direcionando para o pedido de um posto de Saúde que é urgente na região e tivemos o surgimento de uma pessoa no Coqueiros que esta tomando frente do assunto chamada “Fernando” não conheço nada desta pessoa que já vem de cara intitulando o posto de saudade como Posto de Saúde Coqueiros, posto este que não atende os moradores do São Salvador no local que esta sendo direcionado. Lembro que a parceria vitoriosa que temos no OP já dura 6 anos conseguimos aprovar os maiores recursos de BH para uma região totalmente desfavorecida por falta de investimentos da PBH. Em conversas com pessoas que entendem do assunto em relação posto de saúde na região fica claro que não necessitamos de um posto de saudade no coqueiros e sim uma realocação de moradores da região, com a construção do posto de saúde no São Salvador que vai desafogar o posto de saúde do Gloria possibilitando que a comunidade do Coqueiros seja muito bem atendida no mesmo juntamente com os que já são bem atendidos no Pindorama bairro que faz divisa com Coqueiros.

Eu como morador e membro da conforma estou aqui meramente externando minha opinião, deixo bem claro que não aceito e não apoio o posto de saúde intitulado posto Coqueiros. O posto devido a real necessidade da região deve ser no Bairro São Salvador, se não venhamos ter um acordo por parte dos bairros vamos fazer nossa candidatura contraria ao Coqueiros mostrando nossa força que não é de uma semana mais sim de 6 anos e deve ser respeitada.

Solicito as lideranças que entrem nessa discussão para chegarmos em uma definição que deve ter intuito único e exclusivo o bem estar da comunidade. Hoje as 19h no posto de saude Gloria estaremos discutindo esse assunto.

Informo que não estou atacando pessoas e ou causando uma desconjuntara na harmonia dos bairros através deste e-mail e sim alertando para real necessidade da região.

Temos que ser apartidários e pensar no melhor para comunidade… Sintam-se à-vontade para encaminhar este e-mail a quem interesse este assunto. Somos fortes e não estamos aqui para ser coadjuvantes de história que nos construímos de forma aguerrida ao longo de 6 anos. Sawel Peres de Assis