Um “Plano” conduzido de maneira Participativa

Esta semana a “cidade” discute o plano Diretor da Cidade!!

Os Planos Diretores, são planos que irão direcionar os rumos do desenvolvimento da cidade. No discuso da PBH ele visa “cuidar para que cada região cresca garantindo lugares agradáveis e seguros para morar com facilidade de acesso a escola, ao trabalho ao lazer e aos serviços de educação e saúde.  Garantir comercio e serviços próximos, com oportundade de trabalho e consumo para os moradores de cada regional.”

Mas suspeito que é um “plano” conduzido de maneira participativa, de modo a fazer com que a população valide a destruição total da cidade pelas empreeteiras e os expeculadores imobiliários. Nas palavras dos presentes querem transformar toda a BH em Um Belvedere!!

Hoje foi a vez das regionais Pampulha e Venda Nova, que se encontraram em um auditório expremidinho na FACE-UFMG. Em uma reunião que começou com mais de uma hora de atraso e com metodologia exremamente complicada!! Queriam discutir os rumos de uma regional em 2(duas) horas.

Vários pontos me chamaram a atenção:

1) Pessoas da cidade inteira estavam presentes interessadas nos rumos da pampulha. Várias organizações da cidade estavam presentes e insatisfestas com o atual rumo das coisas;

2) Os Moradores da Pampulha Rica foram armados até os dentes para a Discussão do Plano Diretor da Pampulha e Nitidamente percebi que existe um conflito explicito entre os moradores das áreas ricas da Pampulha – Que não gostam de serem taxados como tal, e os dos bairros/Vila populares;

3) A quase ausência dos moradores dos bairros Alípio de Melo, Vila Barroquinha, São José e Jardim Alvorada, se comparado aos outros bairros – Lembrando que estes bairros foram Incorporados na marra nesta regional.

4) A Prefeitura não ter enviado material para que previamente fosse analisado pelos presentes;

5) A PBH não ter feito convocação ampla para esta reunião;

6) A pouca participação do Estudantes da UFMG

Antes do término da apresentação do estudo a reunião virou um caos!! Cada bairro olhando para  seu umbigo, Bairros ricos X Vilas e bairro populares!! E questionamento geral sobre a intensionalidade do estudo. Esta parte não foi filmada o câmera contratado saiu quando a sociedade civil começou a falar!!

Talvez nunca saberemos onde irão para as propostas que foram feitas. No final constará nos anais que o plano foi apresentado e debatido amplamente pelas comunidades assim como fizeram com o planejamento de BH para 2030 – Uma reunião de 2(duas) horas de discussão. É possível planejar uma cidade em 2 horas de discussão?

Quinta-Feira dia 10-05 as 18:30h – Noroeste/Barreiro/Oeste – Associação Médica – Centro

Anúncios