Que Orçamento Participativo é este? A sociedade participa, indica, vota e não leva!

Orçamento Participativo. Desde 1993, é uma ferramenta fundamental na parceria entre a Prefeitura e os cidadãos. Atendendo a demandas de moradores de todas as regiões do município, as obras escolhidas são o resultado concreto da participação popular no processo do OP. “ (portal da PBH). Mas na pratica não tem sido assim na região Noroeste.

A Área de Esporte e Lazer São Salvador foi aprovada no OP 2007/08 e mesmo depois da longa luta dos moradores para garantir a execução da obra no terreno indicado, as mesmas estão paralisadas desde Janeiro. Segundo informações da Regional, a Empresa executora, CR&F Empreendimentos e Construções Ltda, abandou o canteiro de obras. No entanto, como a PBH licita uma empresa que não tem todas as garantias exigidas pela Lei de Licitação e Contratos – Lei 8.666?

A Trincheira da Praça São Vicente- aprovada no OP Digital 2008 com 48.739 votos (39,2%) até hoje não saiu do papel, a prefeitura alega que isto é competência do DNIT e do Governo Federal, mas a obra é do Orçamento Participativo da Prefeitura de Belo Horizonte. Como se explica isto?

A UPA Noroeste, aprovada com participação de 5.000 presentes e 117 delegados – Recorde de participação no Brasil, não foi suficiente para sensibilizar os gestores que alteraram o Projeto da Comunidade sem dialogo ampliando o terreno solicitado de 4600 m2 para 7200m2, o que acarretou no aumento do custo da desapropriação. Como se não bastasse, há indícios que o terreno foi desapropriado pela PBH no início da década de 1990, conforme denunciado em audiência pública na Câmara Municipal. A população não pode ser penalizada pela incompetência dos técnicos que fizeram contas equivocadas em 2008 e nem pela especulação imobiliária.

Dilma Kd o legado da Noroeste – BH?

Melhoria do Transporte coletivo de Massa passa longe da Área mais povoada da Cidade da Metrópole. O extremo Oeste da Regional Noroeste e Pampulha. Além das Regionais Laguna, Ressaca e Nacional, não serão contemplados com os legados da Copa do Mundo de 2014. Apos ceder as Pressões do Empresários da Avenida Pedro II o Governo Márcio Lacerda, cancelou o BRT Pedro II e os moradores da Noroeste mais uma vez ficaram fora das prioridades do Governo Municipal.

Márcio Lacerda recua e cede aos empresários da Av Pedro II

Por Ivanir Maciel:

Nosso sonho por um sistema viário de transporte por onibus com qualidade de transito integrado com a Estação São José, na região noroeste, chamado BRT das avenidas Dom Pedro II e Carlos Luz,  virou pesadelo, prefeito alega falta de recursos, que nao é verdade, pois  tá jorrando verbas do PAC da Mobilidade, para danada da copa do mundo para todos municipios que serão sedes, lembrando que Belo Horizonte está na ponta para possivel abertura da copa, bem como até encerramento.  Mas os empresários juntamente suas instituições que os representam ganharam da massa de usuários do sistema de transportes por onibus, que sofrem superlotação, transito congestionado, demora dos onibus e outras tantas mazelas deste sistema peverso.    Assim, como usuário, pergunto, esta suspensão do projeto tá visando somente agradar os descontentes empresários visando a reeleição?   Outra pergunta tambem, suspende agora, mas tá no planejamento BH Metas 2030?   Sentimo-nos traídos!!!   Tambem faremos diferença na reeleição!!!

Assista o vídeo na WEB TV da PBH e poste sua indignação: Ajudem a divulgar nas redes

10 Milhões para a Praça da Savassi e 580 Mil para Noroeste

580 Mil em obras na regional Noroeste não é nada, se comparado aos 10,4 Milhoes de Reais que a PBH vai investir na Reforma da Praça da Savassi!

É uma ofensa aos moradores da maior regional da cidade. Temos obras aprovadas no orçamento participativo de 2006 que não sairam do papel. Como por exemplo a Area de Esporte e Lazer do Bairro São Salvador (R$ 2.099.994,00), e a urbanização da Vila Barroquinha. Fora o OP Digital (Praça São Vicente e   UPA Nororeste de 2008.

O prefeito Marcio Lacerda visitou seis obras na região Noroeste. Primeiro o prefeito conferiu a obra de drenagem subterrânea, na rua Perdizes, entre as ruas Três Pontas e Rio Pomba, no bairro Padre Eustáquio.
Publicado em 04/04/2011 21:34:01
O prefeito Marcio Lacerda visitou seis obras na região Noroeste. Primeiro o prefeito conferiu a obra de drenagem subterrânea, na rua Perdizes, entre as ruas Três Pontas e Rio Pomba, no bairro Padre Eustáquio. No bairro Jardim Montanhes, Marcio Lacerda visitou a quadra de esportes (rua Flor D’Água, sem número), que será totalmente reformada. 

Em seguida, o prefeito visitou as obras de recapeamento na rua dos Tecelões, na rua São Clemente e na rua Silveira Martins, todas no bairro Parque Riachuelo. Por último, Marcio visitou a obra de recapeamento na rua Santa Francisca, entre as ruas Amiro Rodrigues e Mariana Barcelos. Ao todo serão investidos, aproximadamente, R$ 580 mil nas obras.

Meio Passe Estudantil – “Meia Boca” é sancionado por Lacerda

O Prefeito Márcio Lacerda, sancionou a lei que garante Meio-Passe no aos estudantes do Ensino Médio que moram mais de 1 km da Escola. http://migre.me/3VtNa

Por a lei é “meia boca”? Primeiro porque ela só atende parte dos estudantes. Só os do Ensino médio. Não leva em consideração os milhares de jovens que vão todos os dias ao hipercentro de Belo Horizonte em busca de formação que lhes dê condições para  ingressarem em um emprego decente  – via concurso, e dos estudantes que frequentam os pré-vestibulares, fora os universitários.

A discussão para aprovação desta lei ficou muito restrita ao movimento estudantil, alias parte do movimento. Não levaram em consideração a juventude. Não levaram em consideração que se esta lei fosse ampliada poderiamos ter menos carros nas ruas. Hoje é mais barato colocar o carro na rua e ir para Universidade do que ir de ônibus. O custo disto para a qualidade de vida da metropole nem si quer foi discutido.

Tem que ir para Rua mesmo Galera!!!

BRT Noroeste!!! Será que Agora Vai?

Será que um dia vamos conseguir chegar no Centro de BH, no Horário de Pico em 20 minutos?

Parece que agora vai!! Abriram a Consulta pública para implantação do B.R.T.

Vai ter uma estação na Vila São José

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Políticas Urbanas do Município de Belo Horizonte e da BHTRANS, coloca à disposição para consulta pública de empreendedores e eventuais interessados o edital e respectivos anexos referentes à concessão para estações de integração de transporte coletivo Pampulha e Vila São José. Continua

Leia mais também aqui no Blog