UPA Noroeste – Indicado Novo Terreno!! Será que Agora vai?

Novo terreno UPA Noroeste

Mais um capítulo da saga. Da Epopeia. Da Novela. UPA Noroeste!!

Os argumentos do erro técnico no calcula para desapropriação não foram suficientes para convencer a Prefeitura que a UPA deveria ser construída no terreno indicado pela Comunidade. Aprovada em Novembro de 2008, com recorde de participação popular (5.000 Pessoas), 5(cinco) ano depois a saga continua, e a comunidade se sente desprestigiada pela PBH.

A comissão Local indicou dois terrenos outros terrenos: A Antiga Fábrica da Arezzo e a área ao Lado do Colégio Padre Mathias.

O terreno da Arezzo foi indicado depois que ficamos sabendo que ele estava em divida ativa com o Município. Após a indicação repentinamente apareceu uma placa de vende-se!! O outro Terreno – ao lado do Padre Mathias, foi descartado – não sabemos o motivo.

O decreto de desapropriação do terreno em frente o antigo Boi na Brasa foi revogado.

E na última reunião da Comforça – 13/05, fomos surpreendidos com a noticia que um novo terreno havia sido indicado e já com decreto de utilidade pública. O terreno é atras da Fábrica Sevens Boys – Em frente a Academia em forma. Na rua Imperial, continuação da Abílio Machado.

Apesar de parte da comissão local do Orçamento Participativo São Salvador ter ficado ofendida por não ter sido consultado sobre a nova indicação, a Comunidade aprovou o terreno por esta próximo a região. Com a ponderação que deverá ser preservada o máximo de arvores possíveis.

Segundo a PBH a previsão para desapropriação será feita em Julho.

Cenas do próximo capítulo:

Apesar de esta em um local que irá atender as comunidades que aprovaram a Obra. O terreno esta na Regional Pampulha, ao Lado da Vila Santo Antônio – Vila Barroquinha.

Os Bairros Serrano e  Vila Santo Antônio que pertenciam a regional Noroeste e também lutaram pela obra serão atendidos quando a UPA ficar pronta?

E você? O que achou do terreno?

UPA Glória/São Salvador 4 Anos de espera!!!

A UPA Glória, aprovada com participação de 5.000 presentes e 117 delegados– Recorde de participação em assembleias do Orçamento Participativo no Brasil, America Latina e Europa, não foi suficiente para sensibilizar os gestores públicos municipais, da necessidade deste equipamento para a população.

Desde 2008 a população envolvida na aprovação esperam a execução da obra, que foi pensada inicialmente para atender toda  a regional noroeste, e que hoje visa atender os moradores das regiões do Glória e Alípio de Melo.

Sem dialogo com as lideranças que discutem o orçamento participativo, a prefeitura alterou o projeto original ampliando o terreno solicitado de 4200 m2 para 7200m2, o que acarretou no aumento do custo da desapropriação. Como se não bastasse, há indícios que o terreno foi desapropriado pela PBH no início da década de 1990, conforme denunciado em audiência pública na Câmara Municipal no inicio desde ano.

“O Prefeito” alegou que não irá pagar o valor que a especulação imobiliária quer, mas na verdade o terreno que foi ampliado para atender outros projetos que a comunidade inclusive não quer, como por exemplo o Viurbs Via 710, que tb é uma obra que não e nada a ver com a UPA, teoricamente outra rubrica, de outra secretaria. E não dos recurso orçado no OP.

Outras Notícas sobre a UPA:

https://bairrosaosalvador.wordpress.com/tag/upa-noroeste/

https://bairrosaosalvador.wordpress.com/tag/upa-gloria/

Lacerda quer transformar Amintas Jaques em Via Expressa – Via 700

Existe uma tendência em Belo Horizonte que é a de incentivar o uso dos veículos de passeio ao invês do transporte coletivo e massa!! “Vira e mexe” no deparamos com absurdos e temos feito pouca coisa para contestar as decisões que são tomadas dentro dos gabinetes sem que a população seja consultada.

Ontem durante a reunião da gestão compartilhada e há algumas semanas na reunião do plano diretor, me deparei com um projeto que pretende destruir a avenida Amintas Jaques de Morais e transforma-lá em um corredor expresso de veiculo!! O Projeto Viurbs, que prever a ampliação de várias vias da capital, quer transformar a amintas Jaques em Via 700, integrando ela a BR 040. Imagina o fluxo de veículos que virá para dentro do bairro, principalmente agora com o encontro da Pedro II com a Avenida Tancredo Neves!! Imaginem todo impacto que isto irá provocar?

Pensemos aqui nas questões práticas:

1) A Avenida Amintas Jaques além de ser uma pista de Cooper se tornou o principal equipamento de Esporte e Lazer dos bairros São Salvador, Glória, Coqueiros, Pindorama, Vila Coqueiral e Novo Glória!!

2) Diariamente maes e crianças atravesam a avenida para levarem crianças as escolas  (São Salvador e Luigi Toniolo)

3) Grande contigente dos moradores do Bairro São Salvador atravessam a avenida para fazer compras na rua Jerusalém e adjacências.

4) Os moradores – Principalmente a terceira idade, do Coqueiros e Glória necessariamente atravessa a avenida para irem Centro de Saúde Glória

Este projeto também impediu a construção da UPA Noroeste. O terreno que indicamos para construção foi desapropriado para mais de 4600 para 7200 por causa da ampliação da avenida!!

O que vc pensa disto?

CARTA DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO SALVADOR/GLÓRIA ,

AOS PARTICIPANTES DA REUNIÃO DE ABERTURA DO O.P. 2013/14,                           AO PREFEITO MÁRCIO LACERDA E SEU SECRETARIADO

Belo Horizonte, 03 de Abril de 2012

Nós moradores dos bairros São Salvador e Glória – Regional Noroeste de Belo Horizonte, por meio desta carta manifestamos nossa profunda insatisfação e decepção, com o poder Executivo Municipal pelo atraso das Obras do Orçamento Participativo. Especificamente pelo descaso da P.B.H. com as Obras: A Área de Esporte e Lazer do Bairro São Salvador, aprovada em 2006 para ser executado nos anos de 2007/08 e da UPA Glória, aprovada em 2008 para ser executada em 2009/10.

O Evento ocorrido no último dia 20/03, na sede da PBH com os COMFORÇAS, onde foram anunciados a liberação 64 Milhões de reais, para execução de 56 empreendimento, esta muito abaixo da expectativa das comunidades, uma vez que são obras aprovadas no OP 2009/10 e já deveriam terem sido concluídas desde Dezembro de 2010.

A Área de Esporte e Lazer São Salvador, vive um dilema ainda pior, pois foi aprovado no OP 2007/08. E mesmo depois da longa luta dos moradores para garantir a execução da Obra no terreno indicado, as estão paralisadas desde Janeiro. Segundo informações da Regional, a Empresa executora, CR&F Empreendimentos e Construções Ltda, abandou o canteiro de Obras. Como a PBH Licita uma empresa, que não tem todas as garantias que a Lei de Licitação e contratos – Lei 8.666, exige?

A UPA Glória, aprovada com participação de 5.000 presentes e 117 delegados – Recorde de participação no Brasil, não foi suficiente para sensibilizar os gestores. Que alteraram o Projeto da Comunidade sem dialogo ampliando o terreno solicitado de 4200 m2 para 7200m2, o que acarretou no aumento do custo da desapropriação. Como se não bastasse, há indícios que o terreno foi desapropriado pela PBH no início da década de 1990, conforme denunciado em audiência pública na Câmara Municipal. A população não pode ser penalizada pela incompetência dos técnicos que fizeram contas equivocadas em 2008 e nem pela especulação imobiliária, fruto principalmente do mega evento Copa do Mundo.

Exigimos que a fé pública e a vontade popular, sejam respeitadas com o reinício imediato da Obra da Área de Esporte e Lazer São Salvador e da Ordem de Serviço para construção da UPA Glória!!!

Moradores do Bairro São Salvador/Glória, Membros da Comforça Noroeste e Municipal 

Ainda sobre o OP: http://foralacerda.com/

PREFEITO LACERDA E SUA COMITIVA SÃO RECEBIDOS COM FAIXAS DE PROTESTOS POR MORADORES DO BAIRRO SÃO SALVADOR

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ontem durante a inauguração da Academia das Cidades do Bairro Coqueiros – Antigo “Terreno dos Baratas” ao Lado da E. M. Padre Edeimar Massote, os delegados do Orçamento Participativo e membros da Comissão Executiva de Fiscalização e Execução das Obras do O.P. receberam o Prefeito Márcio Lacerda e sua comitiva com faixas de Protestos.

O motivo da revolta dos moradores, se dar pelo descaso da administração Municipal com as obras que a população vem aprovando no Orçamento Participativo deste 2006. Os manifestantes destacaram três Obras: A área de Esporte e Lazer do Bairro São Salvador aprovada em 2006, A U.P.A. São Salvador aprovada em 2008 e a Trincheira da Praça São Vicente aprovada no OP Digital de 2008.

O evento que contou basicamente com uma plateia de funcionários da Prefeitura e a 3ª Idade que já utiliza o Espaço revoltou os manifestantes. O Prefeito Márcio Lacerda se quer comentou as Faixas mostrando como ele se importa com a região. Já o Deputado Estadual João Vitor Xavier que é da base do governo Lacerda e que comentou a Faixa da U.P.A. Mostrou que esta mal informado sobre esta demanda, informando fatos que não condizem com a realidade. E Olha que ele citou o nome de um de seus apoiadores que é o atual Gerente do Orçamento Participativo da Noroeste. Já o Secretário Municipal de Saúde que na semana retrasada recebeu um grupo de moradores em seu gabinete e havia dito que o problema da UPA é com a Secretária de Obras, neste Evento mostrou como o PSDB, trata o movimento social, “chacotando” um dos manifestantes presentes que puxava palavras de ordem.

UPA

O argumento central da PBH é que não irá pagar o que a especulação imobiliária que no terreno. Mas ignora que o Interesse Público esta acima do interesse privado. E os moradores da Regional Noroeste indicaram a Area a ser construida a UPA. Ou seja aquele terreno passoiu a ser de intereeese público. A prefeitura já publicou o decreto de utilidade pública. O que incomoda o Mercado ser maior que o  Estado.

AREA DE ESPORTE E LAZER BAIRRO SÃO SALVADOR

Foi aprovada por um coletivo de jovens em 2006 e após diversos embates com o proprietário do Terreno e técnicos da PBH, a obra começou a sair do Papel no segundo semestre de 2011. Em Janeiro deste o canteiro de Obras Foi esvasiado e ontem fomos informados que a Empresa que estava executando a Obra faliu. Vale lembrar que a discussão sobre o terreno da UPA é a mesma da UPA.

UPA Noroeste no Jornal Super

CONSTRUÇÃO DA UPA NO BAIRRO SÃO SALVADOR
Nós, moradores do bairro São Salvador, em Belo Horizonte, gostaríamos de saber até quando vamos ter que esperar para a prefeitura construir o empreendimento número 64, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da regional noroeste. A obra foi conquistada no Orçamento Participativo de 2008, para ser executada nos anos de 2009/2010. O empreendimento foi aprovado de forma unânime pelos moradores, com uma participação que bateu  todos os recordes do Orçamento Participativo de Belo Horizonte, devido à necessidade de um equipamento deste porte na área da saúde em nossa região. A regional noroeste já deveria ter uma UPA, mas até hoje estamos pedindo por equipamentos de saúde para atender a população de forma digna. Até quando vamos ter que esperar o início das obras de construção da UPA Noroeste?

Sawel Peres

RESPOSTA
Em resposta ao leitor Sawel Peres, a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte informa, por meio da Gerência Regional de Orçamento Participativo, que a demanda da UPA Noroeste já foi licitada em agosto deste ano. O processo está sendo homologado para dar ordem de serviço para desapropriação do local onde a obra será construída. A empresa responsável é a Petrel Engenharia e há planejamento para que a obra tenha início ainda em 2011.

Prefeitura de Belo Horizonte

Poste comentários aqui e lá no Super